A Arte de Correr e influenciar pessoas

 

correr_influenciar

Em seu livro “A Arte de influenciar pessoas”, John C. Maxwell, apresenta os fatores que determinam o sucesso nas relações interpessoais, analisando experiências e sugerindo ações e estimulando novas atitudes.

Foi por isso que inclui o Correr no título dessa postagem. O Correr foi a mudança de atitude, foi o sair de uma posição passiva e inerte para uma nova “filosofia” de vida: Corpo em Movimento. E essa mudança, como o próprio título sugere, muda não só a sua própria vida, a partir do momento que você passa a ser o influenciador, o estímulo que falta para que outro também tome atitude em sua vida.

Ao longo de 7 anos correndo, não foram poucos os que me influenciaram e passaram a ser meus ídolos nas ruas. E não estou falando de atletas profissionais, campeões olímpicos ou recordistas. Claro, eles também existem, e também me espelho em muitos, afinal, como não admirar a humildade de um Ronaldo da Costa, nosso eterno recordista da Maratona, que numa tarde qualquer me chamou pelo Skype para tirar umas dúvidas de como dar uma entrevista online? 

Mas quero mesmo é falar e homenagear esses grandes exemplos, com os quais tive o prazer de treinar, correr junto, trocar ideias e dicas, e aprender muito nesses 7 anos, e sim, ser influenciado e ter nesses ídolos parte da minha evolução na corrida de rua.

Meu amigo Ângelo Mestriner, meu primeiro parceiro nos longões que o Matheus Henrique inventava e continua inventando em Ribeirão Preto. Atleta que lutou contra as adversidades e dores de um esporão, e não desistiu, hoje colecionando seus troféus nas muitas provas em que participa por ai.

A Dona Alda, que não só é um tremendo exemplo, ainda me ensinou a correr com um apito para qualquer emergência, quando somente gritar não vai ajudar. E foi a Dona Alda que me apresentou a também “ídala” Tomico Eguchi, uma senhorinha que acorda num domingo, e faz um treininho de boa de uns 50km só pra esquentar.

O seu Antonio Ariovaldo, ou simplesmente Toninho, outro atleta para o qual não tem tempo ruim, para ele tanto faz se o treino é 5, de 25 ou mais, ter as pernas valentes iguais a dele no futuro, é o sonho de todos que ainda estamos lapidando as nossas.

E o sangue nos olhos do Carneiro, esse ai não aceita ficar pra trás, corre muito, representa São José dos Campos com louvor para todo lado, e acho que aposta corrida até quando vai caminhando na padaria. Quantos não tem em seu exemplo, a vontade de superação a cada passada.

Do Capitão Zebra não tem nem o que dizer. Esse figura carimbada, carismático e polêmico, e que continua correndo forte e com estilo, e sempre influenciado mais e mais atletas na pratica do esporte.

Quantas são os que sentem-se encorajados a ir mais longe ao verem os desafios e provas insanas que o Jorge Ultramaratonista faz.

E tem os influenciadores que além de pernas, tem o dom da escrita. Quantos não resolveram tomar uma atitude e sair do sofá por ler as páginas do nosso amigo Fábio Namiuti, suas sacadas e postagens, palavras de incentivo e claro, pela sua própria experiência relatada em verso e prosa.

E o Vicent Sobrinho, resgatando os atletas do passado para nos espelharmos no futuro, contando seus grandes feitos, muitos dos quais por aqui esquecidos e trazendo histórias legais de superação daqueles que foram precursores e também de muitos corredores que como nós ama esse esporte, e fora que o cara corre muito.

Ao longo desses 7 anos, mais amigos, novos ídolos: Como não ser inspirado pela força e coragem de um Roberto Itimura, se a medicina lhe diz que seu coração só tem 50% de capacidade, ele é do tamanho do mundo, ele corre com o coração de todos nós, e nos mostra que vale a pena correr atrás de seus sonhos, de sua vida.

São muitos, citados aqui ou não, mas todos aqueles que correram ou correm a meu lado ou não, são influenciadores e qual não é a alegria de saber que nossa história inspira muita gente a também começar e perseverar. É como uma corrente, uma corrente do bem, da saúde. Basta você começar e logo você também será fonte de inspiração para muita gente.

Boa corrida, e seja você também um influenciador de pessoas!